Fisiculturista ‘Popeye’ remove 3 quilos de músculo morto após injeção nos bíceps

Fatos assustadores

Cirurgiões avisaram que ele poderia ter morrido se não tivesse retirado os implantes (Foto: Alana Mamaeva)
(Foto: Alana Mamaeva)

Um ex-soldado que ganhou o apelido de ‘Popeye’ após injetar geléia nos braços para criar bíceps protuberantes teve que passar por uma cirurgia para salvar sua vida.

Kirill Tereshin, 23 anos, foi avisado de que poderia morrer ou precisar amputar os dois braços por causa do bíceps exagerados que ele criou. Os cirurgiões da First Medical State University de Moscou, na capital russa, removeram 3 quilos de músculo morto e três litros de vaselina que se formaram em um caroço sólido.

E o cirurgião chefe Dmitry Melnikov disse que sua equipe estava apenas a um quarto do caminho através da enorme operação. Serão necessárias pelo menos mais três cirurgias para remover toda a geléia do tipo vaselina dos braços de Kirill, disse Melnikov. O fisiculturista que encontrou fama global por seus falsos bíceps protuberantes, foi persuadido a ser submetido a tratamento urgente por Alana Mamaeva, 32 anos, uma das principais ativistas de vítimas de cirurgia plástica mal feita.

Kirill Tereshin antes (esquerda) e depois (direita) da cirurgia

Ela gravou um vídeo mostrando Kirill após sua primeira operação, perguntando freneticamente ao cirurgião: ‘Quantos músculos eu perdi?’ ‘O problema é que essa é a vaselina. Você injetou isso tão completamente, que se espalhou no músculo e o matou. – Estava morto de qualquer maneira.

Ele acrescentou: ‘Fizemos 25% dos reparos.’ Kirill foi informado de que ele terá movimento dos braços, mas os músculos de seus braços serão diminuídos. Alana, que ajudou a angariar fundos para a cirurgia, disse: ‘Vamos tentar ajudar esse jovem’. O ex-recruta do exército Kirill disse a ela antes da operação: ‘Estou pronto, não estou com medo’.

O Dr. Melnikov disse ao seu paciente: ‘A vaselina satura os músculos, sob os tecidos da pele e a própria pele. “Tudo isso precisa ser removido, mas precisamos manter a veia, os nervos e outras funções do membro”.

Dr. Dmitry Melnikov segura um nódulo removido do tríceps esquerdo de Tereshin
Dr. Dmitry Melnikov e o caroço que ele retirou de um dos braços do ex-soldado (Foto: Alana Mamaeva)

Kirill e Olesya Malibu com seus enormes bíceps falsos (Foto: east2west news)

Kirill Tereshin e Olesya Malibu

Ele acrescentou: ‘A vaselina não é projetada para injeção, apenas aplicação externa. Kirill injetou cerca de três litros em cada braço. “Ele saturou os tecidos musculares, bloqueou o fluxo sanguíneo e, como resultado, o tecido morre e é substituído por uma cicatriz que é tão dura quanto uma árvore.

” Ele disse que os implantes estavam causando febre alta, fortes dores e fraqueza. Kirill teve “sorte” de o dano ter permanecido apenas nos membros e não ter se espalhado para o resto do corpo, disse o cirurgião. O Dr. Melnikov acrescentou: ‘A vaselina afeta todo o corpo, especialmente os rins.

Kirill Tereshin and Olesya Malibu

Acho que Kirill não percebeu completamente as consequências do que estava fazendo. Na Rússia, a cirurgia plástica que envolve a injeção de vaselina sob a superfície da pele tem aumentado, especialmente com pessoas que procuram “enchimentos”.

O cirurgião disse que já havia visto pacientes que receberam a substância perigosa injetada em seus seios, nádegas e rostos.

Fonte: metro.co.uk/